Gluteoplastia

A gluteoplastia é o procedimento que visa melhorar o contorno, a forma e o tamanho do bumbum através de enxertos de gordura retirados da lipoaspiração de outro local do corpo do paciente ou implantes de próteses de silicone. Este procedimento é comum entre pacientes que têm flacidez nas nádegas, ou aqueles que apresentam alguma insatisfação estética relacionada à região. 
 

Sobre o procedimento

A anestesia para este procedimento deve ser peridural com sedação ou geral, com procedimento total com duração de 3 a 5 horas e conta geralmente com 24 horas de internação. O procedimento pode ocorrer de duas maneiras, com enxerto de gordura ligado a outra cirurgia como lipoaspiração, ou com prótese de silicone. 

Dependendo das expectativas do paciente, podem ser combinadas técnicas para adicionar volume e projeção do glúteo para frente. O aspecto natural e a adequação do corpo à região implantada dependem do tamanho e modelo das próteses escolhidas, estas geralmente possuem formato ovalado e precisam ser compatíveis com a estrutura corporal do paciente para que não fiquem desproporcionais. 

As próteses mais modernas são compostas por gel de silicone que suporta altas pressões e até quedas. 
 
TEMPO DE INTERVENÇÃO

2 a 3 horas

ANESTESIA

Peridural com sedação ou Geral

HOSPITALIZAÇÃO

12 horas

RECUPERAÇÃO

7 a 15 dias

EFEITOS

Imediatos

RESULTADOS

Duradouros

Ainda tem dúvidas?

Envie suas perguntas para o Dr. Gilberto Cardoso

Nome E-mail Telefone Observações

Custos Incluídos no tratamento 

  • Cirurgia 
  • Anestesia
  • Revisões

 
 Resultados Esperados e Riscos

Os resultados são facilmente visíveis em 2 semanas conforme a diminuição dos inchaços após a cirurgia e definitivos após passado o período de recuperação em alguns meses. Os riscos incluem, assimetria da região glútea, fibroses, deformidade das cicatrizes, rejeição da prótese pelo organismo e infeccção. 


A intervenção

A região glútea tem sua projeção formada principalmente por tecido adiposo e tecido muscular (músculo glúteo maior). Quando trata-se da inserção da prótese de silicone, é realizada uma incisão vertical na parte superior do sulco interglúteo. A cicatriz fica totalmente escondida dentro do sulco entre as nádegas. O médico utiliza a abertura para chegar até o músculo e fará uma bolsa para acomodar a prótese. O material pode ser colocado em cima, embaixo ou no interior do músculo, depende da anatomia do paciente. 

Quando trata-se de lipoenxertia na região glútea, são introduzidas células de gordura nas nádegas, que foram retiradas de outra região do corpo através da lipoaspiração, geralmente estes procedimentos cirúrgicos são combinados. 


Cuidados

O paciente que se submete à gluteoplastia deverá se atentar, principalmente nos primeiros dias de recuperação, aos seguintes cuidados:
  • Quanto à posição de dormir – por um certo tempo, apoiar as nádegas não será permitido. Portanto, a posição ideal é a de bruços e evitar sentar-se por pelo menos duas semanas.
  • Utilizar o macaquinho modelador ou cintas compressivas na região.
  • Seguir a orientação do cirurgião quanto ao uso dos analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos prescritos.
  • Utilizar drenos para eliminar líquidos que podem se acumular no local da cirurgia e dificultar a recuperação do paciente.
  • Manter a região operada sempre limpa já que está próxima a um local contaminado. 
  • O inchaço e os hematomas são normais e serão amenizados com o passar dos dias. 
  • As atividades corriqueiras serão liberadas após duas semanas e os exercícios físicos mais leves, depois do primeiro mês da cirurgia.
TEM ALGUMA DÚVIDA?

Perguntas frequentes

A Gluteoplastia deixa cicatrizes?
Sim, assim como toda cirurgia, a Gluteoplastia deixa cicatrizes, algumas em locais mais visíveis, outras em locais mais camuflados.  Felizmente, a cirurgia de prótese glútea permite que a cicatriz fique em um local bem disfarçado, tornando-a praticamente imperceptível.
 
Caso eu necessite de injeções, elas poderão ser realizadas no glúteo?
Não, após a cirurgia de Gluteoplastia de aumento e colocação de implante,  as injeções intramusculares não poderão ser realizadas nos glúteos. No entanto, isto não traz qualquer malefício, afinal as injeções podem igualmente ser feitas em outras regiões do corpo como braços e pernas. 
Como ficará o tamanho do glúteo depois de colocadas as próteses?
O tamanho das nádegas ficará maior. É possível, através deste procedimento,  melhorar a forma e a consistência dos glúteos com o implante das próteses. Após a consulta médica, o cirurgião irá sugerir a prótese com o tamanho e forma mais adequados ao seu corpo. Como a prótese glútea tem uma consistência maior que a do tecido das nádegas, é esperado um aumento da consistência das mesmas após a colocação das próteses.
Existe risco da prótese de glúteo estourar?
As próteses de glúteo são produzidas com um material extremamente resistente e distensível. Além deste fator, a prótese glútea tem a proteção de uma grande camada de tecido adiposo glúteo e do músculo glúteo máximo, localizados acima da prótese, o que diminui consideravelmente a incidência de ruptura em traumas nesta região. A prótese pode suportar até grandes quedas e impactos, porém casos de ruptura por trauma, a prótese pode ser trocada pela própria cicatriz da gluteoplastia de aumento, sem qualquer sequela à paciente.
 
VER TODAS AS DÚVIDAS