Ginecomastia

Este procedimento é destinado aos pacientes masculinos que possuem um aumento dos tecidos das glândulas mamárias e atinge cerca de 60% da população masculina. Este aumento desregulado, pode ocorrer durante a puberdade devido a alta incidência dos níveis de hormônios desregulados. Conforme o avanço da idade o tecidos mamários devem regredir, mas caso isso não ocorra recorrem-se a cirurgia para sua retirada. 
 

Sobre o procedimento

A cirurgia tem uma duração média de uma a duas horas de duração dependendo da realização do procedimento. Em alguns casos, o que acontece é um acúmulo de gordura na região das mamas e não o aumento das glândulas, o que pode ser resolvido com uma lipoaspiração. Porém, nos casos em que a glândula mamária se expande, é necessário realizar uma incisão na região inframamária para a retirada do excesso das glândulas. 

Nos casos de excesso de pele e flacidez é necessário realizar mais de um procedimento, para retirar as glândulas e o excesso de gordura e reestruturar a região para evitar o aspecto flácido e enrugado. É necessário também reposicionar os mamilos para que fiquem alinhados com a posição do tórax do paciente. 
 
TEMPO DE INTERVENÇÃO

2 a 3 horas

ANESTESIA

Geral ou Peridural com Sedação

HOSPITALIZAÇÃO

12 horas

RECUPERAÇÃO

7 dias

EFEITOS

Imediatos

RESULTADOS

Duradouros

Ainda tem dúvidas?

Envie suas perguntas para o Dr. Gilberto Cardoso

Nome E-mail Telefone Observações

Custos Incluídos no tratamento 

  • Cirurgia 
  • Anestesia
  • Revisões


Resultados Esperados e Riscos


Os resultados deste procedimento costumam ser satisfatórios com cicatrizes discretas e não possuem muitas complicações, a cirurgia em geral é simples. Os riscos são aparecimento de seromas e hematomas, perda de sensibilidade na região operada, má cicatrização. 


A intervenção

É realizado uma incisão na parte inferior das mamas, região inframamária onde está localizado o sulco mamário, tanto para aspirar o tecido adiposo sobressalente, ou remover parte do tecido mamário. Se for necessária a reconstrução da mama, é possível remover parte da pele e evitar a flacidez da região.


Cuidados

  • É importante seguir as orientações médicas no período pós-operatório para ajudar na recuperação do organismo e evitar complicações;
  • Evitar dormir com o tórax voltado para baixo durante o período de recuperação;
  • Fazer uso de medicamentos prescritos pelo médico, para evitar infecções e facilitar a recuperação da região operada;
  • Utilizar durante 30 dias, um colete elástico que ajuda na aderência da pele ao tórax.


Em casos de sintomas como dificuldade para respirar, dores no peito ou anormalidade nos batimentos cardíacos, procure o médico.
 
TEM ALGUMA DÚVIDA?

Perguntas frequentes

Em quanto tempo é possível ver o resultado definitivo?
O resultado varia de acordo com o organismo do paciente e pode ser visto a partir do primeiro mês após a cirurgia.
Este procedimento deixa cicatriz?
Sim, porém discreta e passado o período de cicatrização ela torna-se quase imperceptível, já que este procedimento não exige uma incisão muito grande.
Qual anestesia usada no procedimento?
 Geralmente, anestesia local com sedação.
Qual o tempo de duração da cirurgia?
O ato cirúrgico dura entre uma hora e uma hora e meia. 
VER TODAS AS DÚVIDAS